Esta é uma receitinha ótima que recebi de um site muito bem conceituado na internet o MeuNutriOn caso você ainda não tenha conhecido, super indico. A receita de esfiha tradicional, geralmente é feita com farinha de trigo branca. Esta versão utiliza a farinha integral, por isso contém mais fibras e mais vitaminas presentes no trigo. Perfeita para incluir no café da manhã ou nos lanches.  Experimente essa delícia!
Ingredientes
  • 1 colher (sopa) de fermento biológico seco (10g ou 30 g de fermento biológico fresco)
  • 200ml de leite morno desnatado (o leite não pode passar de 40ºC)
  • 1 colher (chá) de açúcar mascavo
  • 1 colher (chá) de sal
  • 450g de farinha de trigo integral
  • 1/2 xícara de azeite (120ml)
  • 1 ovo
  • 1 gema para pincelar

Uma receita de: MeuNutrion

Modo de preparo

  1. Em um recipiente coloque o fermento, o leite morno e o açúcar mascavo, misture e deixe descansar por 10 minutos até que cresça e comece a borbulhar, assim, você se certifica de que o fermento está ativo.
  2. Misture 300g da farinha de trigo integral, o ovo, o óleo, o sal e o fermento ativo.
  3. Aos poucos vá adicionando o restante da farinha de trigo integral até o ponto de conseguir sovar a massa.
  4. Transfira a mistura para uma superfície lisa e limpa e sove por cerca de 10 minutos ou até que a massa fique bem elástica. Devolva para o recipiente, cubra com plástico filme e deixe crescer por 1 hora ou até que dobre de volume. Em seguida, divida a massa em bolinhas.
  5. Coloque em uma forma untada e enfarinha e deixe crescer novamente por mais ou menos 30 minutos.
  6. Acrescente o recheio e feche a massa em forma de esfiha.
  7. Depois é só pincelar com 1 gema e levar ao forno por cerca de 30 minutos à 200°.

Sugestões
O recheio pode ser de sua preferência, algumas sugestões são o frango desfiado, queijo ricota com espinafre ou carne moída (patinho).

Porque preferir a farinhas integrais?

As farinhas integrais sofre por menos processamento, e por isso conservam mais os nutrientes do grão. Por isso, as farinhas integrais contém mais fibras, vitaminas e minerais, em comparação com as farinhas brancas. As fibras, são nutrientes que podem contribuir com a saúde e emagrecimento. Veja abaixo o porquê.

Existem dois tipos de fibras, as fibras solúveis e as insolúveis. As fibras presentes na farinha integral são as fibras insolúveis. Estas fibras não são digeridas pelo organismo, e passam intactas pelo trato gastro intestinal. As fibras insolúveis ajudam na formação do bolo fecal. Elas ajudam a diminuir a fermentação e contribuem com a melhora do trânsito intestinal das fezes.
A importância do bom funcionamento intestinal está relacionado com a saúde em diversos aspectos. O intestino é um órgão extremamente importante, pois é a porta de entrada para todos os nutrientes ao organismo. Além disso, na parede do intestino está localizada a microbiota, que é um conjunto de bactérias boas que protegem nosso organismo contra toxinas e outros microrganismos ruins. É importante essa microbiota estar saudável, pois ela faz parte do sistema imunológico. Manter o bom funcionamento intestinal, relaciona-se com bem-estar físico e emocional.
Além de influenciar no bom funcionamento do intestino, o consumo de fibras insolúveis têm demonstrado ser benéfico na prevenção contra câncer de intestino.
Este tipo de fibras pode ser encontrado na farinha de trigo integral, na casca das frutas, feijão, milho e verduras folhosas.