Uma boa alimentação pode servir de alavanca para um bom desempenho na corrida. Mas ao mesmo tempo, alguns alimentos podem limitar o seu sucesso. Por isso saber o que não comer antes de correr também é importante.

Nesse post iremos listar 8 alimentos, que poderão atrapalhar seu desempenho nas provas e treinos de corrida. Continue lendo para saber quais são eles.

Índice

O que não comer antes de correr: 8 alimentos que devem ser evitados

1. Leite e derivados

2. Café ou outros alimentos com cafeína

3. Pimenta e outros alimentos picantes

4. Feijões e outras leguminosas

5. Hortaliças e cereais integrais

6. Frituras e outros alimentos gordurosos

7. Carnes e outros alimentos proteicos

8. Bebidas alcoólicas

Concluindo…

O que não comer antes de correr: 8 alimentos que devem ser evitados

O que não comer antes de correr?

É natural que os corredores em geral concentrem seus esforços em conhecer os principais alimentos que contribuem com o bom desempenho na corrida. Afinal, o objetivo é manter as reservas de glicogênio abastecidas, para ter energia suficiente para os treinos e provas.

Porém, da mesma forma, você corredor amador ou experiente, deve se preocupar em saber o que não comer antes de correr. Pois pequenos erros na escolhas dos alimentos ingeridos, principalmente antes da prova ou dos treinos, poderá comprometer e muito seus resultados.

De forma simples, iremos listar inicialmente os 8 principais alimentos, que devem ser evitados antes da corrida.

1. Leite e derivados

Isso não é uma regra. No entanto, o leite e seus derivados estão na lista de o que não comer antes de correr, por sua digestibilidade lenta.

Além disso, muitas pessoas tem intolerância a lactose, por não produzir a enzima lactase, responsável por digerir esse tipo de açúcar. Quando isso sintomas como, cólica e diarreia são frequentes.

Leite e derivados

Mesmo que você não seja diagnosticado com essa intolerância, é importante observar como seu corpo reage a ingestão desses alimentos. Antes de treinos e provas de corrida.

Caso sinta cólicas ou outro tipo de desconforto, é aconselhável evitar o consumo de leite, queijos e iogurte, antes dos treinos, ou provas. Inclusive é importante evitar esses alimentos um ou dois dias antes da prova.

2. Café ou outros alimentos com cafeína

Café

Muitos corredores usam o café, ou outros alimentos, ou suplementos a base de cafeína para melhora do desempenho nas corridas. Realmente essa prática pode beneficiar o corredor. Inclusive temos um artigo sobre esse assunto: 4 benefícios da cafeína para corredores.

Porém, é preciso ter cautela ao consumir cafeína. Se você costuma sentir cólicas ou azia durante o treino ou nas provas, horas depois de consumir cafeína, vale a pena evitar o consumo, para saber se essa é a causa do desconforto.

Por mais que a cafeína possa auxiliar na melhora do desempenho. Se ela estiver causando desconforto estomacal, não é uma boa estratégia para você, e deve ser evitada.

3. Pimenta e outros alimentos picantes

Pimenta e outros alimentos picantes

Na véspera da corrida ou no dia da prova, deve-se evitar o consumo de alimentos picantes. Pimenta, curry, pimenta do reino e outros condimentos picantes estão na lista de o que não comer antes de correr, devido a grande possibilidade de eles causarem desconforto estomacal.

Decerto, sentir cólica, azia ou náuseas durante a prova pode atrapalhar e muito o desempenho. Portanto, procure evitar esse tipo de alimento.

4. Feijões e outras leguminosas

Os feijões, o grão-de-bico, e a lentilha são excelentes fontes de fibra e de proteína vegetal. Contudo consumir esse tipo de alimento antes de uma prova de corrida, ou antes dos treinos não é uma boa estratégia.

Feijões

Esses alimentos costumam deixar a digestão mais lenta. O que não é interessante para o corredor, pois correr com a sensação de estômago cheio é desconfortável.

Além disso, os feijões e outra leguminosas podem causar cólicas, náuseas e até diarreia durante a prova ou treinos.

5. Hortaliças e cereais integrais

Na véspera, e no dia da prova de corrida deve-se reduzir o consumo de fibras.

Brócolis

Alimentos com cereais integrais, hortaliças, brócolis, farelo de aveia, semente de chia ou linho. Devem ser evitados, pois desaceleram o processo de digestão. Mantendo o estômago cheio por mais tempo.

Correr com a sensação de má digestão, pode ser descontável. Atrapalhando o desempenho na prova.

6. Fritura e outros alimentos gordurosos

Fritura

Os cuidados antes das provas e treinos devem se iniciar na véspera do evento. Ingerir frituras e outros alimentos gordurosos, antes da corrida, pode atrapalhar o desempenho no treinamento e nas provas.

A gordura em excesso costuma dificultar a digestão, podendo causar cólica, ou sensação de estômago cheio. Por isso o corredor deve reduzir a ingestão de alimentos gordurosos.

7. Carnes e outros alimentos proteicos

Alimentos fonte de proteína, possuem uma digestão mais lenta. Por isso deve-se reduzir o consumo de proteína antes das provas e treinos. Para evitar a sensação de estômago cheio, ou cólica durante a corrida.

Antes de correr, a alimentação precisa ser principalmente de fontes de carboidratos. Pois esse é um momento em que o corpo precisa abastecer os estoques de glicogênio, para que se tenha energia suficiente durante o exercício.

Junto com o carboidrato, pode-se consumir um porção pequena de uma proteína magra, como o queijo branco por exemplo. Porém é aconselhável não exagerar na quantidade, e evitar proteínas de difícil digestão como as carnes.

Caso queira saber mais sobre a alimentação antes da prova, veja esse artigo: O que comer no dia da prova de corrida

8. Bebidas alcoólicas

É preciso dar atenção a todos os alimentos e bebidas consumidos no últimos 3 dias antes da prova, principalmente em provas mais longas como as maratonas.

Consumir bebidas alcoólicas no dia da prova ou dias antes, pode comprometer e muito a performance do corredor.

O consumo de álcool pode causar sobrecarga renal, causando o aumento das idas ao banheiro. Aumento da frequência cardíaca, e da pressão arterial. A redução da capacidade de recuperação do treino, e da recuperação muscular.

Com isso, para se ter m bom desempenho durante o treino e nas provas, é indicado reduzir ao máximo o consumo de bebidas alcoólicas.

Concluindo…

  • Antes dos treinos e provas de corrida é recomendado reduzir o consumo de alimentos ricos em fibras, proteína e gorduras. Por serem alimentos de digestão mais lenta, pode resultar em quadros de cólica, má digestão e náuseas, durante a corrida.
  • Caso sinta cólicas ou outro tipo de desconforto, ao consumir leite ou derivados, deve-se evitar o consumo antes dos treinos, ou provas.
  • É preciso ter cautela ao consumir café e ou outras fontes de cafeína. Pois podem causar cólica ou azia durante o treino ou nas provas.
  • Pimenta e outros condimentos ou alimentos picantes devem ser evitados. Pois podem causar azia ou cólica durante a corrida.
  • Consumir bebidas alcoólicas no dia da prova ou dias antes, pode comprometer e muito a performance do corredor. Pode causar sobrecarga renal, aumento da frequência cardíaca, e da pressão, redução da capacidade de recuperação do treino, e da recuperação muscular.

Karina Bastos – Estagiária de nutrição

Revisado por Tainá Carvalho – Nutricionista | CRN 34890